Guia de gestão de redes sociais para pequenas indústrias

Para pequenos fabricantes, a gestão de redes sociais representa uma incrível oportunidade de marketing. Entenda como gerenciar as páginas da sua indústria!

Com a geração do milênio assumindo cargos de tomada de decisão, a gestão de redes sociais é cada vez mais importante para as empresas que desejam ser vistas como relevantes e humanas. Isso é verdade mesmo em relações do tipo business to business (B2B), como é o caso das pequenas indústrias.

As mídias sociais oferecem a essas empresas espaços para criar confiança e ter conversas com seus atuais e potenciais clientes. De fato, de acordo com uma pesquisa da Global Web Index, mais de 40% dos consumidores digitais usam as redes para pesquisar marcas e produtos.

A boa notícia é que não é preciso ser um especialista para começar. Neste guia de gestão de redes sociais para pequenas indústrias, você encontrará o que precisa para criar uma estratégia que gere à sua marca um retorno sobre investimento sustentável. Acompanhe!

A importância da gestão de redes sociais para pequenas indústrias

É comum que donos de pequenas indústrias assumam diversas funções, especialmente no início do negócio, e a gestão de marketing pode ser uma delas. É o caso da empresária Flor de Lis, cliente do NAC auxiliada por nossa equipe no Tocantins.

Flor de Lis é dona da Cheiro da Flor, uma pequena indústria de perfumaria. Ela é responsável pela gestão de redes sociais da empresa, organizando e editando as publicações. Atualmente, a marca possui mais de 35 mil seguidores no Instagram (@cheirodaflor.oficial).

Embora a gestão de redes sociais possa ser uma das primeiras atividades cortadas de uma empresa em uma possível redução de custos, ela é uma ferramenta valiosa, independentemente de nicho ou setor. 

No caso da Cheiro da Flor, cerca de 90% da demanda advém de clientes que conheceram a empresa por meio do Instagram, de acordo com a empresária.

Além de serem ótimas para conquistar novos clientes, as redes sociais permitem manter e construir relacionamentos com os consumidores que a marca já possui.

Oportunidades perdidas ou experiências ruins geram propaganda negativa, levando a perdas que podem custar muito. No entanto, quando as mídias sociais são usadas não só para criar publicações, mas para gerar engajamento, o número de usuários dispostos a se relacionarem com a empresa aumenta.

Estratégias para mídias sociais: como gerenciar as redes

Possuir um perfil nas redes sociais com um feed organizado, dados sobre a marca (incluindo endereço, telefone e horário de funcionamento) e links que permitam que o cliente entre em contato para tirar dúvidas é essencial. 

Além disso, é importante seguir as dicas abaixo para fazer uma boa gestão de redes sociais:

Identifique o perfil do seu cliente

O primeiro passo na gestão de redes sociais é conhecer o seu público-alvo. Embora um empresário possa ter uma visão de quem são seus compradores, existem dados sociais que permitem obter uma compreensão mais exata sobre eles.

Para identificar essas informações, é possível realizar entrevistas com seus clientes ou extrair os dados de uma plataforma CRM. Entre as mais importantes estão: 

  • os dados demográficos;
  • a formação educacional;
  • o que os motiva;
  • de quais redes sociais participam;
  • a forma de consumo de conteúdo;
  • quais problemas possuem que seu produto pode resolver.

Esses dados podem ajudá-lo a identificar como o seu público se comunica e quais redes sociais ele mais utiliza (Facebook, Instagram, LinkedIn etc.), entre outras informações que ajudarão você a criar um conteúdo que será capaz de atingi-lo.

Defina a frequência de publicação

Quando o assunto é gestão de redes sociais, é comum que haja muitas dúvidas sobre a frequência adequada para postar. É preciso definir quantas vezes você postará por semana, em quais dias e qual é o melhor horário para as publicações.

A empresária Flor de Lis posta de três a quatro vezes por semana e deixa o Instagram Stories para mostrar o dia a dia da marca. No entanto, essa frequência pode variar de acordo com o segmento de atuação de cada indústria.

Para definir a frequência ideal, é possível realizar testes. Eles consistem em postar campanhas em diferentes dias e horários e avaliar quais geram mais engajamento dos usuários. Algumas ferramentas de gestão de mídias, como o Sprout Social e o Hootsuite, podem fazer isso automaticamente.

Crie um calendário de conteúdo

O seu calendário de postagens nas redes sociais deve ser planejado. Isso permite que você tenha tempo para criar conteúdos de qualidade, que realmente ressoem com quem compra da sua empresa. 

A criação de um calendário deve seguir os passos abaixo:

  • descobrir o tipo de conteúdo (histórias, vídeos, listas etc.) que atrai o seu público;
  • decidir a frequência das postagens;
  • elaborar uma pauta para cada postagem contendo o público a quem ela se destina, o tema principal e uma descrição do que abordará;
  • preencher o calendário.

Produza conteúdos interessantes

Voltando à Cheiro da Flor, a empresária Flor de Lis considera que as redes sociais são as principais ferramentas para divulgação que o micro e pequeno empreendedor tem, atualmente.

Contudo, por mais que o produto tenha qualidade, é essencial saber divulgá-lo, valorizando-o por meio da produção e edição de imagens. 

“A imagem é fundamental, já que o cliente não pode manusear nem cheirar o produto nesse primeiro contato com a marca”, afirma a empresária.

Fotos, vídeos ou infográficos chamam a atenção do usuário de maneira muito mais rápida e eficaz que textos. Portanto, invista em visuais chamativos, com chamadas estratégicas que descrevam seu produto.

Isso é essencial, especialmente durante a pandemia do novo coronavírus. No caso da Cheiro da Flor, houve um aumento de 70% nos pedidos online. Fazer uma boa gestão de redes sociais, portanto, é fundamental para que os clientes possam conhecer melhor o que a marca oferece. 

Promova conteúdos

Pagar por promoção nas redes sociais é parte essencial de um plano abrangente de marketing digital. Depois de identificar seu público-alvo, essas plataformas oferecem ferramentas para entregar seu conteúdo para as pessoas certas.

Usando ferramentas como a do Facebook, você pode segmentar seus anúncios ou suas postagens promovidas com base em local, idioma, idade, sexo, nível de educação, local de trabalho, interesses e status de relacionamento. Também pode criar anúncios direcionados a pessoas de uma lista de e-mails.

Construa relacionamentos 

De acordo com um levantamento da Harvard Business Review, clientes que tiveram uma boa experiência de compra gastam 140% mais do que aqueles que tiveram uma experiência normal ou ruim. E o envolvimento com o público nas redes sociais é parte fundamental disso.

No caso da Cheiro da Flor, a empresária revelou que passa grande parte de seu dia gerindo o Instagram e respondendo clientes na rede social. Também afirmou que essa atenção é essencial para um bom atendimento.

Responder às perguntas dos clientes em tempo hábil permite construir um relacionamento duradouro. Não se deve ignorar um cliente que liga para o telefone da empresa; com as redes sociais, a linha de pensamento deve ser a mesma.

Preste atenção nas métricas

Como vimos até aqui, as redes sociais são ferramentas valiosas para a construção de relacionamentos com os clientes.

Elas também costumam demandar investimentos baixos e dar retornos altos. No entanto, uma maneira de garantir isso é acompanhar as métricas certas, além das contagens de seguidores ou “curtidas”.

Você pode medir dezenas de métricas diferentes nas redes sociais, mas só precisa se preocupar de fato com aquelas que respondam às seguintes perguntas:

  • você alcança pessoas que têm potencial de comprar de você?
  • você interage com essas pessoas?
  • quantos de seus seguidores perguntam sobre seu produto?
  • quantos deles realmente se tornam clientes?

Para pequenos e médios fabricantes, a gestão de redes sociais representa uma incrível oportunidade de marketing, que permite aumentar a qualidade e a quantidade de leads e vendas.

Caso precise de ajuda para investir na sua estratégia de redes sociais, entre em contato com o NAC

Nina do NAC

Uma economista de carteirinha. Adora as possibilidades que o conhecimento sobre crédito oferecem para empresas.

Ver todos os posts

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Com o crédito certo, você consegue mais.

Cada linha de crédito disponibilizada no mercado existe para atender uma finalidade específica. Ao ter claro o perfil e a transformação que você quer ver no seu negócio, as chances de sua empresa conseguir o crédito desejado, sob as menores taxas possíveis, aumentam.